Busca rápida
por título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 

clique aqui e conheça os títulos
Para compras neste site, o frete é grátis para todo o Brasil para compras acima de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais)
Cadastre-se aqui para receber nossas notícias de lançamentos e eventos
Por tempo indeterminado, não avaliaremos originais encaminhados sem solicitação prévia da editora.

 


Notícias

Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil - 48º Seleção Anual 2022 - produção 2021

Novidades para quem compra através do site da Editora 34

O livro Poesia em risco, de Viviana Bosi, venceu o prêmio Best Book in Humanities concedido pela Latin American Studies Association (LASA), sediada em Pittsburgh, nos Estados Unidos.

A edição da 34 dos Cantos, de Giacomo Leopardi, com tradução, apresentação e notas de Álvaro A. Antunes, venceu o Prêmio APCA de Tradução de 2021.

Homenagem a Alfredo Bosi

José Ramos Tinhorão (1928-2021)

Alfredo Bosi (1936-2021)

O Antropoceno e a Ciência do Sistema Terra, de José Eli da Veiga, está entre os semifinalistas do Prêmio Jabuti

Zuza Homem de Mello (1933-2020)

Tudo pronto para o fim do mundo, de Bruno Brum, é semifinalista do Prêmio Oceanos

Nota de falecimento do Professor Lúcio Kowarick (1938-2020)

 

Indicações

Foram registradas em áudio as mesas-redondas da série Encontros de Literatura Russa, realizada pela Editora 34 e o Centro Universitário Maria Antonia no final de 2012. Esses registros estão disponíveis aqui.

 

Reedições
Evaldo Cabral de Mello, Um imenso Portugal
Veronica Stigger, Sul
Aristófanes, Lisístrata ou A greve do sexo
Gabrielle Vincent, Um dia, um cão
Jacques Rancière, O desentendimento
Hilda Machado, Nuvens
Isaac Bábel, No campo da honra e outros contos
Marcus Vinicius Mazzari, Labirintos da aprendizagem
Zuza Homem de Mello, Música nas veias
Maksim Górki, Meu companheiro de estrada e outros contos
Jacques Rancière, Políticas da escrita
José Almino, O motor da luz
Franz Kafka, O desaparecido ou Amerika
Henrique Cazes, Choro
Aracy A. Amaral, Blaise Cendrars no Brasil e os modernistas
Dominique Dreyfus, O violão vadio de Baden Powell
Pierre Clastres, Crônica dos índios Guayaki
Erich Auerbach, Ensaios de literatura ocidental
Bertolt Brecht, Histórias do sr. Keuner
 

Busca de conteúdo

 

 


Editora 34 na internet

Com o lançamento de Escritos da casa morta, de Fiódor Dostoiévski, com tradução de Paulo Bezerra, a Editora 34 conclui a publicação das obras completas de ficção do autor, sempre em traduções diretas do original. O projeto foi iniciado com a edição de Memórias do subsolo, na tradução de Boris Schnaiderman, em setembro de 2000, e inclui 24 volumes, de Gente pobre a Os irmãos Karamázov, passando por Noites brancas, Crime e castigo, Um jogador e muitos outros.
Lançamentos
 

Flecha (histórias)

Matilde Campilho

 R$ 59,00

Imagine uma flecha disparada no princípio de tudo, e voando desde então por todos os tempos e lugares do mundo. Essa Flecha é o elemento que atravessa as mais de duzentas histórias deste livro. Crônicas de animais, de objetos, mas sobretudo de pessoas, reais ou fictícias; microcontos, écfrases, memórias, miniaturas: neste livro múltiplo e generoso, a autora de Jóquei firma novamente — desta vez em prosa — um pacto forte com a imaginação, prestando uma verdadeira homenagem à literatura, às artes visuais, e a todos os homens e mulheres que, desde que o mundo é mundo, tecem a cada dia a grande narrativa da vida com novas histórias. Publicado em Portugal em 2020, Flecha chega ao Brasil em edição revista pela autora: algumas histórias saíram, duas novas entraram; incluiu-se ainda uma seção de imagens e outra de “Pistas”; e o ensaio que fechava o original agora abre o volume.

 
 

Escute as feras

Nastassja Martin

Projeto gráfico de Raul Loureiro
 R$ 53,00

Estudiosa do Grande Norte subártico, a antropóloga francesa Nastassja Martin viaja à Rússia em busca de famílias do povo even que, tomando distância da civilização pós-soviética, preferem voltar a viver no coração das florestas siberianas. A rotina do trabalho de campo vai avançando como quer a disciplina etnográfica, mas algo mais parece estar em gestação, alguma coisa que por fim eclode na forma de um terrível incidente — ou, quem sabe, de um encontro — entre a antropóloga e um urso. É a partir desse acontecimento inesperado e dilacerante que Martin tece a trama de Escute as feras, em que a experiência vivida nutre uma reflexão vertiginosa sobre o humano e o natural, a identidade e a fronteira, o tempo do mito e a história contemporânea.

 

   

Teatro completo I
O Ciclope, Alceste, Medeia

Eurípides

Tradução de Jaa Torrano
Edição bilíngue
 R$ 86,00

Este volume bilíngue é o primeiro dos seis que formam o Teatro completo de Eurípides (c. 480-406 a.C.), coleção que reunirá as dezenove peças do autor que sobreviveram até os nossos dias. O volume I traz o drama satírico O Ciclope, a tragédia Alceste (438 a.C.), e aquela que é uma das obras mais célebres do dramaturgo ateniense, a Medeia (431 a.C.), representada no primeiro ano da Guerra do Peloponeso. A tradução criteriosa e fluente de Jaa Torrano, professor titular de Língua e Literatura Grega da Universidade de São Paulo, vem acompanhada de estudos esclarecedores sobre cada uma das peças e, neste volume em particular, de uma valiosa introdução sobre o sentido das tragédias gregas em seu contexto histórico.

 
 

Somos todos canibais
Precedido de “O suplício do Papai Noel”

Claude Lévi-Strauss

Organização de Maurice Olender
Tradução de Marília Scalzo
Projeto gráfico de Raul Loureiro
 R$ 62,00

Um dos nomes centrais das ciências humanas no século XX, o antropólogo Claude Lévi-Strauss (1908-2009) reservou uma surpresa póstu¬ma para seus leitores. Publicado em 2013 na França, Somos todos canibais reúne dezesseis artigos originalmente redigidos para o jornal italiano La Repubblica entre 1989 e 2000, precedidos do ensaio “O suplício do Papai Noel”, de 1952. Escrevendo sobre temas variados com vasta erudição, da doença da vaca louca aos quinhentos anos da “descoberta” da América pelos europeus, Lévi-Strauss nos conduz sempre ao coração de cada fenômeno humano e cultu¬ral, tornando este livro uma introdução brilhante ao estruturalismo como método para se questionar o lugar-comum e as verdades estabelecidas.

 

   

Sobre a profissão do ator

Bertolt Brecht

Organização de Werner Hecht
Tradução de Laura Brauer e Pedro Mantovani
 R$ 71,00

Sobre a profissão do ator, de Bertolt Brecht, até agora inédito em nosso país, é um livro que vai trazer uma grande contribuição para a formação dos profissionais do teatro no Brasil, e em especial para as montagens de Brecht entre nós. Em mais de sessenta textos curtos, esclarece muitos pontos sobre como um dos mais inovadores dramaturgos da história entendia o modo de atuar no teatro épico. Concebido por Werner Hecht, um dos organizadores das obras completas do escritor, Sobre a profissão do ator ganha nesta edição brasileira uma esclarecedora introdução e notas elaboradas por Laura Brauer e Pedro Mantovani, estudiosos que, além de lastreados pela prática teatral, fizeram pesquisas em arquivos e bibliotecas alemães.

 
 

Problemas da obra de Dostoiévski

Mikhail Bakhtin

Notas e glossário de Sheila Grillo e Ekaterina Vólkova Américo
Ensaio introdutório e posfácio de Sheila Grillo
 R$ 83,00

Problemas da obra de Dostoiévski, lançado em 1929, é a primeira versão de um dos livros-chave de Bakhtin, Problemas da poética de Dostoiévski, de 1963. Organizado em duas partes, “O romance polifônico de Dostoiévski” e “A palavra em Dostoiévski”, o estudo analisa as principais obras do escritor russo, atentando para a multiplicidade de vozes e discursos que ele põe em cena, o que representou uma importante inovação na forma do romance. O presente volume inclui ainda um ensaio introdutório que historia a gênese do livro de Bakhtin e suas influências, e um posfácio que analisa a sua recepção na União Soviética da época, ambos redigidos por Sheila Grillo, tradutora da obra com Ekaterina Vólkova Américo.

 

   

A infância de Milton

Haydé

Tradução de Alexandre Cataldi
 R$ 48,00

Milton, o adorável e travesso gatinho criado pela artista suíça Haydé, recorda a sua infância nas ruas e o dia em que, finalmente, foi adotado e ganhou um lar. O primeiro livro de uma coleção que vem encantando adultos e crianças em todo o mundo. Haydé Ardalan nasceu em 1956 em Colônia, na Alemanha, e é formada pela Escola de Artes Visuais de Lausanne, na Suíça, onde vive e trabalha com pintura e ilustração. Desde 1997 é a criadora da Coleção Milton na editora La Joie de Lire, de Genebra, inspirada em seu próprio gato de estimação. A infância de Milton e As férias de Milton são os primeiros da série a serem publicados no Brasil.

 
 

As férias de Milton

Haydé

Tradução de Alexandre Cataldi
 R$ 48,00

Milton, o adorável gatinho branco e preto, mora na cidade, mas quando chegam as férias, ele viaja para o campo. E quantas descobertas faz então! Novos sons, novos cheiros e muitos animais, conhecidos e desconhecidos, serão as companhias de Milton durante um delicioso verão. Haydé Ardalan nasceu em 1956 em Colônia, na Alemanha, e é formada pela Escola de Artes Visuais de Lausanne, na Suíça, onde vive e trabalha com pintura e ilustração. Desde 1997 é a criadora da Coleção Milton na editora La Joie de Lire, de Genebra, inspirada em seu próprio gato de estimação. As férias de Milton e A infância de Milton são os primeiros da série a serem publicados no Brasil.

 

   

Bíblia
as histórias fundadoras (do Gênesis ao Livro de Daniel)

Frédéric Boyer

Tradução de Bernardo Ajzenberg
Ilustrações de Serge Bloch
Projeto gráfico de Raul Loureiro
 R$ 198,00

Grande sucesso editorial lançado originalmente na França, Bíblia: as histórias fundadoras reúne trinta e cinco histórias fundamentais do Antigo Testamento, selecionadas e recontadas de forma breve para jovens de todas as idades pelo escritor Frédéric Boyer, tradutor de Santo Agostinho, acompanhadas das belas ilustrações coloridas de Serge Bloch em grande formato. São histórias fundadoras porque estão entre as mais antigas e longevas do patrimônio literário da humanidade e estão na raiz de três das grandes tradições religiosas do planeta — narrativas que vão do Jardim do Éden à torre de Babel, da arca de Noé às tábuas de Moisés, dos patriarcas fundadores aos profetas e aos grandes reis, passando por figuras femininas inesquecíveis como Ruth, Ester e a rainha de Sabá.

 
 

O dia de um oprítchnik

Vladímir Sorókin

Tradução de Arlete Cavaliere
 R$ 65,00

Bebendo tanto nas vanguardas literárias como na cultura pop contemporânea, o russo Vladímir Sorókin é um dos escritores mais originais da atualidade. Após ter seus livros incendiados em Moscou por partidários do governo, ele publicou em 2006 o romance O dia de um oprítchnik. Neste livro passamos um dia em companhia de Andrei Komiága, membro da Oprítchnina, a violenta guarda de elite do tsar Ivã, o Terrível, recriada por Sorókin no ano de 2027, em uma Rússia ao mesmo tempo soviética, medieval e futurista. Em meio a execuções sumárias, negociações de suborno e orgias regadas a drogas, narradas em primeira pessoa pelo miliciano, vamos conhecendo as particularidades dessa realidade distópica, estranhamente parecida com a realidade atual.

 

   

© Editora 34 Ltda. 2022   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779