Busca rápida
digite título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Literatura estrangeira
Livro em promoção
 

 de R$ 52,00 por R$ 31,20
desconto de 40%
         

        frete grátis  (saiba mais)

       


Saiu na mídia 1



 
Informações:
Site
site@editora34.com.br
Vendas
(11) 3811-6777

vendas@editora34.com.br
Assessoria de imprensa
imprensa@editora34.com.br
Atendimento ao professor
professor@editora34.com.br

País sem chapéu

 

Dany Laferrière

Tradução de Heloisa Moreira

240 p. - 14 x 21 cm
ISBN 9788573264715
2011 - 1ª edição
Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Depois de vinte anos de exílio na América do Norte, um escritor regressa a seu Haiti natal e enfrenta o desafio de narrar essa experiência. À maneira de um pintor primitivo, com traço firme, cores vivas e perspectiva multifacetada, além de extrema inteligência e sensibilidade, ele conta sua perambulação pelas ruas de Porto Príncipe, seu cotidiano singular, pulsante de vida e de morte.
     A cada passo surgem pequenos quadros com personagens e situações inusitadas; grandes reencontros que disparam lembranças, nem sempre doces; diálogos inesperados, que revelam as inquietantes novidades do aqui e agora. Em meio ao vaivém de reconhecimento e estranhamento, onde se alternam o país real e o país sonhado, o autor é convidado a realizar uma viagem ao "país sem chapéu": o reino dos mortos e dos deuses do vodu.
     Primeiro livro de Dany Laferrière a sair em português, País sem chapéu é também um convite a penetrar num território que tem muitos paralelos com o nosso. Com sua visão de mundo, sua experiência de vida e um estilo límpido, permeado de ironia, Laferrière - um dos maiores renovadores da literatura haitiana - integra-se ao time de escritores de cultura híbrida, desarraigada, que conseguem erguer sua voz acima das fronteiras e falar com toda a humanidade.


Sobre o autor
Dany Laferrière é um dos principais renovadores da rica literatura haitiana. Nasceu em 1953 em Porto Príncipe, e em 1976 teve que se exilar, fugindo da ditadura de Baby Doc. Instala-se primeiro em Montreal, no Canadá, onde trabalha como operário em várias fábricas, até que em 1985 publica seu primeiro livro, Como fazer amor com um negro sem se cansar, logo levado ao cinema. Segue-se uma longa série de livros, marcados pela perspectiva autoficcional, como País sem chapéu (1996); o mais recente deles, L'énigme du retour (O enigma do regresso, 2009) recebeu o prestigiado prêmio Médicis.


Veja também
A noite dos cristais
Como fazer amor com um negro sem se cansar

 


© Editora 34 Ltda. 2018   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779