Busca rápida
por título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Para compras neste site, o frete é grátis para todo o Brasil
Cadastre-se aqui para receber nossas notícias de lançamentos e eventos

 


Notícias

Aventuras de Alice no país das maravilhas; Através do espelho e o que Alice encontrou lá; O arame de Alexandre e Migrando recebem o selo Altamente Recomendável FNLJ 2016

Dia 16/4, Murilo Marcondes de Moura autografa O mundo sitiado na Livraria Scriptum, em Belo Horizonte

Editora 34 divulga nota sobre coluna de hoje publicada no jornal Folha de S. Paulo

Beatriz Bracher, Antonio Arnoni Prado, Antonio Risério e Luiz Carlos Bresser-Pereira são finalistas do Prêmio Rio de Literatura

Lançamento de Clássicos do conto russo, na Livraria da Vila - Fradique, contará com a leitura dramática do conto "Respiração suave", de Ivan Búnin

Paisagens humanas do meu país, do escritor e poeta turco Nâzim Hikmet, traduzido no Brasil por Marco Syrayama Pinto, é premiado pela Associação Paulista de Críticos de Arte na categoria de Melhor Tradução de 2015

Antonio Arnoni Prado, Trajano Vieira e Marco Syrayama de Pinto são finalistas do prêmio APCA Literatura 2015

Música com Z, de Zuza Homem de Mello, e Héracles, de Eurípides, traduzido por Trajano Vieira, são finalistas do Prêmio Jabuti

Luiz Carlos Bresser-Pereira recebe o título de Intelectual do Ano de 2014, concedido pela UBE

Trajano Vieira proferirá na ABL a conferência Poesia e heroísmo na Ilíada, dia 6/10, às 17h30

Ela me dá capim e eu zurro, de Fabrício Corsaletti, e Hosana na sarjeta, de Marcelo Mirisola, são semifinalistas do prêmio Oceanos de Literatura

 

Indicações

Foram registradas em áudio as mesas-redondas da série Encontros de Literatura Russa, realizada pela Editora 34 e o Centro Universitário Maria Antonia no final de 2012. Esses registros estão disponíveis aqui.

 

Reedições
Gilles Deleuze, Mil platôs - vol. 3
Roald Dahl, O BGA
Luís Fulano de Tal, A noite dos cristais
Georg Lukács, A teoria do romance
Pierre-Yves Bourdil, O dia em que a verdade sumiu
Fiódor Dostoiévski, Crime e castigo
Fiódor Dostoiévski, Niétotchka Niezvânova
Fiódor Dostoiévski, O idiota
Fiódor Dostoiévski, Um jogador
Fiódor Dostoiévski, Noites brancas
Fiódor Dostoiévski, A senhoria
Lev Tolstói, A morte de Ivan Ilitch
Gilles Deleuze, Mil platôs - vol. 2
Lev Tolstói, A Sonata a Kreutzer
Fiódor Dostoiévski, Gente pobre
Eurípides, Medeia
Fiódor Dostoiévski, O duplo
Fiódor Dostoiévski, Dois sonhos
José Ramos Tinhorão, Pequena história da música popular
Mikhail Bakhtin, Questões de estilística no ensino da língua
 

Busca de conteúdo

 

 

 


Editora 34 na internet

Em comemoração aos 150 anos de publicação da Alice, de Lewis Carroll, a Editora 34 lança uma caixa reunindo as duas encantadoras histórias da personagem: Aventuras de Alice no País das Maravilhas e Através do espelho e o que Alice encontrou lá. Os dois volumes trazem a inspirada tradução de Sebastião Uchoa Leite, considerada a melhor versão em português dos textos, as ilustrações originais de John Tenniel e um belo projeto gráfico de Raul Loureiro.
Lançamentos
 

O adolescente

Fiódor Dostoiévski

Tradução de Paulo Bezerra
Ilustrado com os manuscritos do autor
 R$ 89,00

O adolescente, publicado em 1875, é um dos cinco grandes romances de maturidade de Dostoiévski, ao lado de Crime e castigo, O idiota, Os demônios e Os irmãos Karamazov. Mesmo sendo o menos conhecido dentre eles - devido à incompreensão da crítica do século XIX, que não entendeu sua estrutura moderna, fragmentária, baseada nas memórias do protagonista -, a obra revela toda a genialidade do escritor, então no auge de seu talento.

 
 

O amor de Mítia

Ivan Búnin

Tradução de
Boris Schnaiderman
 R$ 42,00

Novela publicada originalmente em 1925, O amor de Mítia é uma das obras-primas de Ivan Búnin (1870-1953), o primeiro escritor russo a receber o Prêmio Nobel de Literatura. Autor refinado que se exilou em Paris após a Revolução de 1917, admirado por Thomas Mann, Vladímir Nabókov e André Gide, entre muitos outros, Búnin apresenta aqui uma história de amor com final trágico, considerada por Boris Schnaiderman um dos textos mais vigorosos que ele já traduziu.

 

   

Alice

Lewis Carroll

Tradução de Sebastião Uchoa Leite
Ilustrações de John Tenniel
Projeto gráfico de Raul Loureiro
 R$ 79,00

Era uma vez uma garotinha que dormitava ao lado da irmã quando de repente viu passar um coelho branco de ar apressado, que tirou um relógio do colete, exclamou "Vou chegar muito atrasado!" e assim deu início às extraordinárias Aventuras de Alice no País das Maravilhas. Publicado há exatos 150 anos, o clássico de Lewis Carroll não perdeu nada de seu poder de encantar e intrigar as crianças e os adultos dispostos a acompanhar a jovem heroína, seja nesse País das Maravilhas em que parecem abolidas as regras, fronteiras e proporções, seja no enigmático mundo que se descortina no segundo volume, Através do espelho e o que Alice encontrou lá. Para celebrar o primeiro século e meio de Alice, a Editora 34 e a Coleção Fábula relançam a igualmente maravilhosa tradução integral do poeta Sebastião Uchoa Leite, com diversos poemas traduzidos por Augusto de Campos e com as 92 ilustrações originais de John Tenniel.

 
 

O tradutor cleptomaníaco
e outras histórias de Kornél Esti

Dezsö Kosztolányi

Tradução de Ladislao Szabo
 R$ 42,00

O tradutor cleptomaníaco reúne treze histórias de Dezsö Kosztolányi (1885-1936), um mestre do conto e atualmente um dos nomes mais cultuados da literatura húngara. Publicadas nos anos 1930, as narrativas aqui selecionadas têm em comum o personagem Kornél Esti - boêmio frequentador dos cafés de Budapeste e alter ego do escritor - e uma forma leve, desconcertante e irônica de abordar as grandes questões da vida moderna.

 

   

O mundo sitiado
A poesia brasileira e a Segunda Guerra Mundial

Murilo Marcondes de Moura

Coedição com o Curso de Pós-Graduação em Literatura Brasileira da FFLCH-USP
 R$ 62,00

Neste ensaio profundo e inovador, Murilo Marcondes de Moura, professor de Literatura Brasileira da USP, se debruça sobre as respostas que quatro grandes poetas brasileiros - Carlos Drummond de Andrade, Oswald de Andrade, Cecília Meireles e Murilo Mendes - deram a um tema universal: a Segunda Grande Guerra Mundial. O resultado é um livro que, ao relacionar guerra e poesia - incluindo um estudo sobre o impacto da Primeira Guerra nas obras de Apollinaire e Ungaretti -, abre um campo praticamente inexplorado em nossos estudos literários, e se revela fundamental para a compreensão de um momento central do modernismo brasileiro.

 
 

Pluralidade urbana em São Paulo
Vulnerabilidade, marginalidade, ativismos

Este livro foi publicado com o apoio da Fapesp
 R$ 74,00

Unindo sociologia e antropologia - especialidade de seus dois organizadores, Lúcio Kowarick e Heitor Frúgoli Jr. -, esta coletânea procura desenhar um retrato atualizado de uma das metrópoles mundiais que mais cresceu no século XX. Os quatorze ensaios aqui reunidos compõem uma perspectiva multifacetada de São Paulo, analisando alguns de seus temas mais candentes, como a segregação espacial, as manifestações de junho de 2013, a cracolândia, as ocupações no centro, as manifestações culturais da periferia, a dinâmica das eleições para prefeito e vereador, e a ação do PCC na redução dos homicídios na cidade.

 

   

Paraíso perdido

John Milton

Tradução de Daniel Jonas
Ilustrações de Gustave Doré
 R$ 109,00

Um dos maiores poemas épicos da literatura ocidental - de uma tradição que inclui a Ilíada e a Odisseia de Homero, a Eneida de Virgílio e a Divina Comédia de Dante -, o Paraíso perdido foi publicado originalmente em 1667, na Inglaterra, em um período especialmente turbulento daquela nação. Seu autor, John Milton (1608-1674), foi um dos grandes intelectuais de seu tempo e destemido apoiador da Revolução Puritana inglesa, que depôs e executou o rei Carlos I e proclamou a República em 1649.
A presente edição, bilíngue, traz a elogiada tradução do premiado poeta português Daniel Jonas, que segue de perto a versificação e a musicalidade do original. Completam o volume as notas e o posfácio do tradutor, uma apaixonada apresentação do crítico Harold Bloom, e a fantástica série de cinquenta ilustrações de Gustave Doré, publicadas em 1866.

 
 

Contos de Kolimá

Varlam Chalámov

Apresentação de Boris Schnaiderman Prefácio de Irina P. Sirotínskaia
Publicado com o apoio do Instituto de Tradução da Rússia
indisponível
R$ 59,00

Entre o final dos anos 1920 e o pós-guerra, milhões de pessoas foram deportadas e morreram nos campos de trabalhos forçados soviéticos. Em Kolimá, região desolada no nordeste da Sibéria, "onde um cuspe congela no ar antes de tocar a terra", localizavam-se alguns desses campos, e num deles o escritor russo Varlam Chalámov (1907-1982) cumpriu pena por quase duas décadas, cavando buracos, abrindo estradas e quebrando pedras. Ao final desse período, retorna a Moscou e já no ano seguinte começa a escrever sua obra-prima, os Contos de Kolimá. Após este primeiro volume se seguiram mais cinco, constituindo uma obra monumental, com mais de 2 mil páginas, trabalho que lhe tomaria outros vinte anos e no qual a escavação profunda da memória, o relato autobiográfico sem floreios, é acompanhado a cada passo por uma aguda reflexão filosófica sobre os limites do ser humano em face de experiência tão brutal.

 

   

A árvore dos sapatos

Emilia Lang

Tradução de Alexandre Cataldi
Este livro contou com o apoio do Institut Ramon Llull/Língua e Cultura Catalã.
 R$ 36,00

A árvore dos sapatos é baseado numa peça de teatro de marionetes da companhia Pea Green Boat, de Barcelona, que trabalha com materiais reciclados. Com lindos dioramas dos bonecos e cenários da peça, o volume traz a singela história de Tim, que parte em uma jornada em busca de seu sapato, chegando até uma árvore mágica. Combinando pedaços de madeira, lata e pano com chumaços de algodão, uma velha meia de lã e muita poesia, este livro, repleta de afeto e imaginação, encanta leitores de todas as idades.

 
 

Para entender o desenvolvimento sustentável

José Eli da Veiga

 R$ 49,00

O novo livro de José Eli da Veiga, especialista em Economia Socioambiental e professor titular da Universidade de São Paulo, analisa a trajetória da noção de "desenvolvimento sustentável", desde sua emergência na década de 1980 até os mais recentes debates internacionais, culminando em 2015 na aprovação pela ONU da Agenda 2030 - Transformando Nosso Mundo. Defendendo a urgência de se conciliar crescimento econômico, preservação dos recursos naturais e igualdade social, o autor centra o foco naquele que considera o maior desafio do século XXI: a descarbonização da economia planetária.

 

   

© Editora 34 Ltda. 2016   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779