Busca rápida
digite título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Coleções | Literatura brasileira
 

 R$ 42,00
         




 
Informações:
Site
site@editora34.com.br
Vendas
(11) 3811-6777

vendas@editora34.com.br
Assessoria de imprensa
imprensa@editora34.com.br
Atendimento ao professor
professor@editora34.com.br

O estranho no corredor

 

Chico Lopes


128 p. - 12 x 21 cm
ISBN 978-85-7326-477-7
2011 - 1ª edição
Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa
Prêmio São Paulo de Literatura 2012 (Autor estreante)

"Quando a clarividência e o senso de análise, em relação a nós e aos outros, atingem ao máximo, dá-se na personalidade uma espécie de desdobramento. Passam a colidir no mesmo indivíduo um ser social, ligado à necessidade de ajustar-se a certas normas convencionais para sobreviver, e um ser profundo, revoltado contra elas, inadaptado, vendo a marca da contingência e da fragilidade em tudo e em si mesmo. Daí a incapacidade de viver normalmente e o nascimento do senso de culpa, ou autonegação." O trecho, extraído de "Os bichos do subterrâneo", o ensaio de Antonio Candido sobre a obra de Graciliano Ramos, diz muito das razões do protagonista da novela O estranho no corredor, a primeira incursão em prosa de ficção mais longa do contista e jornalista Chico Lopes.
 Aqui, um homem solitário, com aspirações a escritor, leva uma vida discreta, sobrevivendo precariamente como professor numa escolinha de inglês, gastando o tempo ora com o diário onde anota memórias de infância, ora com um círculo de conhecidos. A esse quadro - estático apenas na aparência, pois que dotado de enorme tensão interior - vem se somar a aparição misteriosa, recorrente, de uma figura masculina ameaçadora, que se põe a perseguir o protagonista por todos os cantos, acelerando o tempo da narrativa com seus passos de "uma musicalidade escura".
Revolta contra a vida "subalterna e esmagada" - para retomar termos de Antonio Candido -, passado, seu discurso indireto livre salta fronteiras e precipita o leitor no rodamoinho de uma consciência atormentada, conferindo à narrativa um clima denso de filme noir com toques kafkianos e suspense de thriller metafísico, que se mantém da primeira à última página.
     


Sobre o autor
Chico Lopes nasceu em Novo Horizonte, SP, em 1952. É escritor, pintor, crítico de cinema e literatura. Em 1992, mudou-se para Poços de Caldas, MG, e desde 1994 trabalha no Instituto Moreira Salles como programador e apresentador de filmes. Como escritor, publicou os livros de contos Nó de sombras (2000), Dobras da noite (2004), Hóspedes do vento (2010), Caderno provinciano (2013), entre outros. Escreve regularmente nos sites Verbo 21 e Germina. O estranho no corredor, sua primeira novela, foi seguida por Corpos furtivos (2015) e A ponte no nevoeiro (2020), que compõem uma trilogia.



Veja também
Antonio
Triz
Crossroads

 


© Editora 34 Ltda. 2021   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779