Busca rápida
por título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
A. P. Tchekhov  
Anton Pávlovitch Tchekhov nasce em Taganrog, sul da Rússia, em 1860. Em 1879, ingressa na Faculdade de Medicina de Moscou e passa a publicar pequenos textos em periódicos da cidade. Obtém o diploma em 1884 e começa a trabalhar como médico, mas sua fama como escritor e contista cresce continuamente, e em 1886 torna-se colaborador da revista Nóvoie Vrêmia. A montagem de sua peça A gaivota, em 1898, por Stanislavski, obtém grande êxito, o que leva o Teatro de Arte de Moscou a encomendar outras peças para o autor. Surgem então Tio Vânia (1897), Três irmãs (1901) e O jardim das cerejeiras (1904). Em 1898 adquire uma vila em Ialta, na Crimeia, onde se estabelece para cuidar de uma tuberculose. Ali escreve um de seus mais famosos contos, "A dama do cachorrinho" (1899). Em maio de 1901, casa-se com a atriz Olga Knipper, que vivia em Moscou. Junto com ela, viaja três anos depois a Badenweiler, na Alemanha, para tratar sua doença, mas acaba falecendo nesta cidade em 15 de julho de 1904.
1  

O duelo

A. P. Tchekhov

Tradução de Marina Tenório
 
Uma das mais agudas incursões de Anton Tchekhov (1860-1904) pela narrativa longa, O duelo narra a história de Nadiéjda e Ivan Laiévski - jovem casal de intelectuais que se muda de São Petersburgo para uma cidadezinha litorânea do Cáucaso, à beira do mar Negro, com sonhos de uma vida de trabalho simples e contato com a natureza. A perspectiva de idílio é ameaçada pelo caráter incerto de Laiévski, pelo jogo e pela bebida, e este acaba sendo desafiado para um duelo no qual certamente perderá a vida. Publicada em 1891, esta novela - que tem ecos do panteísmo de Tolstói, mas também da personagem Oblómov, de Goncharov - já foi adaptada diversas vezes para o cinema e o teatro.
R$ 51,00
 
Três anos

A. P. Tchekhov

Tradução de Denise Sales
 
Ao voltar de uma longa viagem à colônia penal da ilha de Sacalina, Tchekhov passa a residir em Moscou. Ali, nas redondezas de sua casa na rua Málaia Dmítrovka, ambientaria a novela Três anos. Publicada em 1895, a obra acompanha os primeiros anos de casamento de Iúlia Belavina, filha de um médico da província, com Aleksei Láptiev, de uma família de prósperos comerciantes moscovitas.
R$ 49,00

 
Minha vida
conto de um provinciano

A. P. Tchekhov

Tradução de Denise Sales
posfácio e notas da tradutora
 
Publicada em 1896, a novela Minha vida - que tem aqui sua primeira tradução direta no Brasil - é uma das raras incursões de Tchekhov (1860-1904), mestre do conto, pela narrativa mais longa. Permeada de referências autobiográficas, esta obra de ficção, que retrata a vida de um jovem inadaptado às convenções de uma pequena cidade de província, surpreende pela sensibilidade com que o autor capta a dinâmica profunda da sociedade russa - o que levaria Gorki a declarar: "Ontem li Minha vida. É uma pérola". aolp
R$ 49,00

     
O beijo e outras histórias
e outras histórias

A. P. Tchekhov

Tradução de
Boris Schnaiderman
 
Seis obras-primas do mestre da narrativa curta, nas quais o leitor brasileiro não deixará de perceber, tratados com a característica sutileza tchekhoviana, temas que também foram caros a Dostoiévski e Machado de Assis.
"O leitor tem nas mãos uma preciosa coletânea de histórias de um dos maiores narradores que conheceu a literatura mundial." (Davi Arrigucci Jr.)
R$ 61,00
 
A dama do cachorrinho
e outros contos

A. P. Tchekhov

Tradução de
Boris Schnaiderman
 
Anton Tchekhov (1860-1904) é um dos maiores escritores de todos os tempos. Suas histórias concisas, organizadas e traduzidas por Boris Schnaiderman, produzem uma gama tão ampla de sentidos que esta leitura se torna um acontecimento definitivo. "Recriados em bela tradução, os 36 contos que encantam o leitor com uma visão geral da obra do grande escritor russo." (Paulo Bezerra, Jornal da Tarde)
R$ 69,00

 
     
1  

© Editora 34 Ltda. 2021   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779