Busca rápida
digite título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Arte e arquitetura
 

 R$ 62,00
         

        frete grátis  (saiba mais)

       




 
Informações:
Site
site@editora34.com.br
Vendas
(11) 3811-6777

vendas@editora34.com.br
Assessoria de imprensa
imprensa@editora34.com.br
Atendimento ao professor
professor@editora34.com.br

Nada se vê
seis ensaios sobre pintura

 

Daniel Arasse

4 cores

168 p. - 16 x 23 cm
ISBN 978-85-7326-729-7
2019 - 1a edição
Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

O que acontece quando observamos uma pintura? Como funcionam os processos da percepção, da memória e do pensamento diante de uma obra de arte? E como traduzir para si mesmo essa experiência que se passa, frequentemente, na fronteira entre o que é evidente e o que é invisível?
Em Nada se vê: seis ensaios sobre pintura, Daniel Arasse (1944-2003), por muitos anos diretor da École des Hautes Études en Sciences Sociales, da França, e mestre brilhante de toda uma geração de críticos e historiadores da arte, provoca um verdadeiro curto-circuito em nossos hábitos mentais, e ilumina de forma radicalmente nova obras-primas como Marte e Vênus surpreendidos por Vulcano, de Tintoretto, a Adoração dos Magos, de Bruegel, a Vênus de Urbino, de Ticiano, ou As meninas, de Velázquez. Traduzido com fina sintonia, ilustrado por imagens a cores e acrescido de notas, Nada se vê é um livro raro, dotado de uma clareza extraordinária, que aborda de modo fascinante as múltiplas dimensões da experiência estética e é capaz de surpreender tanto o leitor especialista como o iniciante na matéria.


Sobre o autor
Daniel Arasse nasceu em Orã, na Argélia, em 1944, e ingressou na École Normale Superièure, em Paris, em 1965, onde se diplomou em estudos clássicos. Após estudar na Sorbonne, transferiu-se para a École des Hautes Études en Sciences Sociales, orientado por Louis Marin, instituição da qual se tornaria diretor em 1993. Após as revoltas estudantis de maio de 1968, foi indicado maître de conférence na Universidade de Paris I, tornando-se amplamente conhecido por seus ensaios sobre a arte e a iconologia do Renascimento italiano e também sobre a arte flamenga e francesa dos séculos XVII e XVIII. É autor de vários livros, como Le Détail (1992), Le Sujet dans le tableau (1997) e On n'y voit rien (2000). No final de sua vida, realizou para a rádio France Culture uma série de programas intitulada Histoires de peintures, que alcançou enorme repercussão junto ao público. Faleceu em Paris, em 2003, aos 59 anos.



Veja também
A pintura - vol. 11
As escolas e o problema do estilo
Organização de Jacqueline Lichtenstein
A perspectiva inversa
O que vemos, o que nos olha

 


© Editora 34 Ltda. 2019   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779