Busca rápida
por título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Ciências sociais  
1   2   3   4   5  

Estrutura urbana e ecologia humana
A escola sociológica de Chicago (1915-1940)

Mário A. Eufrasio

 
As origens, os desdobramentos e as principais formulações teóricas da famosa escola sociológica de Chicago.
R$ 62,00
 
Destino ímpar
Sobre a formação de Florestan Fernandes

Sylvia Gemignani Garcia

 
A partir de depoimentos autobiográficos de Florestan Fernandes, a autora analisa a trajetória singular de um dos maiores nomes de nossas ciências humanas. Entrelaçando biografia e história intelectual, o livro investiga os aspectos que condicionaram sua adesão ao racionalismo, ao mesmo tempo que acompanha a construção da experiência universitária em São Paulo.
R$ 49,00

 
O Atlântico negro
Modernidade e dupla consciência

Paul Gilroy

Tradução de Cid Knipel Moreira
 
Referência indispensável nos estudos culturais contemporâneos, Gilroy tenta definir a modernidade a partir do conceito de diáspora negra, que constituiu uma cultura (ou contracultura) específica a desafiar simplificações étnicas ou nacionalistas. "Um dos livros mais importantes da atualidade sobre identidade e cultura negras." (Patricia Pinho, Novos Estudos)
R$ 76,00

     
Classes, raças e democracia

Antonio Sérgio Alfredo Guimarães

 
Abordando temas controversos - como raça e racialismo, democracia racial e estratificação, classes sociais e identidade, movimento negro, preconceito e nomenclatura -, este livro traça, de forma provocante e informativa, um panorama abrangente das diversas obras, personagens, teorias e debates que compõem a história das ideias sobre classes e raças no Brasil.

"É um daqueles livros capazes de desarrumar a cabeça dos leitores." (Elio Gaspari)
indisponível
R$ 54,00
 
Modernidades negras
a formação racial brasileira (1930-1970)

Antonio Sérgio Alfredo Guimarães

Prefácio de Matheus Gato e Flavia Rios
 
Autor mais citado do país nos estudos sobre relações de raça, classe e cor, e defensor de primeira hora das ações afirmativas e das cotas raciais, Antonio Sérgio Alfredo Guimarães reviu e reuniu aqui seus textos mais emblemáticos, alguns deles considerados já clássicos, sobre a constituição da intelectualidade e da consciência negras no Brasil do século XX. Estes ensaios, que incluem uma revisão do recente “A democracia racial revisitada”, foram articulados sob o conceito de “formação racial”, ou seja, o processo de ressignificação política que diferentes grupos fizeram do termo racista original, “negro”, como modo de identidade política para reorganizar a revolta, a luta pela igualdade e a construção de um novo imaginário coletivo — uma nova cultura, antirracista, descolonial e autêntica, que busca firmar um novo humanismo.
R$ 59,00

 
Preconceito e discriminação
Queixas de ofensas e tratamento desigual dos negros no Brasil

Antonio Sérgio Alfredo Guimarães

 
Nos anos que se seguiram à promulgação da nova Constituição em 1988, ganhou impulso na sociedade brasileira uma ampla mobilização antirracista. A partir da análise sistemática das queixas de discriminação racial recolhidas em jornais e em boletins de ocorrência das delegacias de polícia no período - quando estes registros atingiram um número nunca antes verificado em nossa história -, a obra faz um revelador retrato do racismo "à brasileira".
indisponível
R$ 47,00

     
Racismo e antirracismo no Brasil

Antonio Sérgio Alfredo Guimarães

 
Partindo da ideia de que as normas e leis deste país historicamente têm sido baseadas em uma suposta igualdade entre indivíduos - que nunca existiu -, o autor procura analisar os desafios da sociologia brasileira diante dos conceitos de racismo e antirracismo, como, por exemplo, na questão da discriminação positiva.aolp
R$ 57,00
 
Caminhos cruzados
Estratégias de empresas e trajetórias de trabalhadores

Nadya Araujo Guimarães

 
Este livro propõe uma nova abordagem dentro da Sociologia do Trabalho brasileira, no intuito de compreender os desafios resultantes da reestruturação produtiva dos últimos anos. Para além do estudo de casos isolados, tem-se aqui uma visada ampla, que incorpora a análise do destino dos desempregados.
R$ 72,00

 
Luta por reconhecimento
A gramática moral dos conflitos sociais

Axel Honneth

Tradução de Luiz Repa
Apresentação de Marcos Nobre
 
Tendo como ponto de partida o jovem Hegel e seu modelo conceitual de "luta por reconhecimento", Axel Honneth - diretor do célebre Instituto de Pesquisa Social de Frankfurt - desenvolve uma teoria social normativa baseada na ideia de que o florescimento humano e a plena realização pessoal dependem da existência de relações éticas bem estabelecidas.aolp
R$ 62,00

     
A Rosa Branca

Inge Scholl
Organização de Juliana P. Perez e Tinka Reichmann

Posfácio de Rainer Hudemann
Obra publicada com o apoio do Goethe-Institut
 
Este livro conta a trajetória do movimento A Rosa Branca, formado por estudantes da Universidade de Munique que, por meio da redação e distribuição de panfletos, teve a coragem de contestar o regime nazista. Combinando memórias familiares com a transcrição dos folhetos originais e testemunhos da época, a autora narra a tomada de consciência de seus irmãos Hans e Sophie Scholl, bem como dos outros membros do grupo, que ousaram afirmar sua resistência contra o nacional-socialismo, até serem capturados e sumariamente condenados à morte em 1943. Além de documentos inéditos, a presente edição inclui uma apresentação de Juliana P. Perez e Tinka Reichmann, da Universidade de São Paulo, e um posfácio do historiador alemão Rainer Hudemann escrito especialmente para o leitor brasileiro.
R$ 61,00
 
Sociologia no espelho
Ensaístas, cientistas sociais e críticos literários no Brasil e na Argentina (1930-1970)

Luiz Carlos Jackson
Alejandro Blanco

Prefácio de Sergio Miceli
Coedição com o Programa de Pós-Graduação em Sociologia da FFLCH-USP
 
Estudo comparado das ciências sociais e da crítica literária no Brasil e na Argentina, realizado pelos sociólogos Luiz Carlos Jackson, da Universidade de São Paulo, e Alejandro Blanco, da Universidade Nacional de Quilmes. O livro analisa a origem social dos autores, o vínculo com as letras e a política, a internacionalização e a dependência, e os lugares institucionais da atividade intelectual - a imprensa, as revistas, as editoras, a universidade. Nesse jogo de espelhos entre os dois países, onde fatores comuns engendram experiências díspares, sobressaem-se os paralelos entre as figuras de Gino Germani e Florestan Fernandes, e Adolfo Prieto e Antonio Candido.
R$ 58,00

 
Coleção pequenas conferências

Étienne Klein
Patrick Boucheron
Philippe Descola
Georges Didi-Huberman

Tradução de Cecília Ciscato
Projeto gráfico de Raul Loureiro
 
Esta coleção traz pequenos ensaios, sob a forma de palestras ao público jovem, realizados por alguns dos principais pensadores franceses contemporâneos. Especialistas em suas áreas, filósofos, historiadores e antropólogos discorrem sobre as emoções (Georges Didi-Huberman), sobre a distinção entre natureza e cultura (Philippe Descola), sobre as revoltas na Idade Média (Patrick Boucheron) e sobre o tempo (Étienne Klein), sempre estimulando o questionamento diante das noções preestabelecidas.
R$ 109,00

     
1   2   3   4   5  

© Editora 34 Ltda. 2022   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779