Busca rápida
digite título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Coleções | Literatura estrangeira | Literatura russa
 


 R$ 38,00
         

        frete grátis  (saiba mais)

       




 
Informações:
Site
site@editora34.com.br
Vendas
(11) 3811-6777

vendas@editora34.com.br
Assessoria de imprensa
imprensa@editora34.com.br
Atendimento ao professor
professor@editora34.com.br

Lady Macbeth do distrito de Mtzensk

 

Nikolai Leskov

Tradução de Paulo Bezerra
Posfácio e notas do tradutor

96 p. - 14 x 21 cm
ISBN 978-85-7326-430-2
2009 - 1ª edição
Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Se Ivan Turguêniev é o mais ocidental dos escritores russos do século XIX, Nikolai Leskov é o grande retratista dos costumes e da alma de seu povo. Mas apesar da força de suas narrativas curtas, tão intensas quanto os romances de Dostoiévski, e da fluidez do estilo, comparável ao de Tolstói, ele é um autor ainda pouco conhecido fora da Rússia. Em lady Macbeth do distrito de Mtzensk, publicada em 1865 na revista Epokha - editada por Dostoiévski - e considerada a obra-prima de Leskov, o leitor acompanha a transformação de Catierina Lvovna, a jovem e entediada esposa de um velho comerciante, em uma cruel assassina.
     Essa heroína fria e calculista, que pode ser vista também como um símbolo da libertação feminina em relação à opressão patriarcal, mas que em nenhum momento se arrepende das atrocidades cometidas, levou a crítica a encontrar nessa versão russa da tragédia shakespeariana aspectos mais tarde desenvolvidos pelo romance noir de Raymond Chandler - e, além disso, inspirou a famosa ópera de Dmitri Shostakóvitch, de 1934, e o filme Lady Macbeth siberiana, do cineasta polonês Andrzej Wajda.


Sobre o autor
Nikolai Semeónovitch Leskov nasceu em 1831 no povoado de Gorókhovo, província de Oriol, às margens do Volga, na Rússia, em uma família de membros do clero. Seu pai era funcionário público, e a certa altura mudou-se com toda a família para o campo. Após frequentar o colégio local, Leskov foi trabalhar, aos quinze anos de idade, como escrivão no Palácio da Justiça de Oriol, transferindo-se depois para Kíev, onde trabalha no Fisco. Oito anos depois deixa o emprego e passa a trabalhar como ajudante de administrador de fazenda, viajando sem cessar pelo interior da Rússia, conhecendo lugares e gentes das mais diferentes espécies e adquirindo uma experiência que estará presente em todos os seus livros. Mestre da narrativa (Walter Benjamin lhe dedicaria o célebre estudo "O narrador", de 1938), Leskov produziu uma obra vasta, mas foi predominantemente contista e novelista. É autor de dois romances - A lugar nenhum (1864) e Na ponta da faca (1871) -, e de obras-primas da novela e do conto como O peregrino encantado (1873), O canhoto vesgo de Tula e a pulga de aço (1881) e Lady Macbeth do distrito de Mtzensk (1865). Faleceu em 1895, em Petersburgo.


Sobre o tradutor
Paulo Bezerra estudou língua e literatura russa na Universidade Lomonóssov, em Moscou, e foi professor de teoria da literatura na UERJ e de língua e literatura russa na USP. Livre-docente em Letras, leciona atualmente na Universidade Federal Fluminense. Já verteu diretamente do russo mais de quarenta obras nos campos da filosofia, psicologia, teoria literária e ficção, destacando-se suas premiadas traduções de Crime e castigo, O idiota, Os demônios e Os irmãos Karamazov, de Dostoiévski. Em 2012 recebeu do governo da Rússia a Medalha Púchkin, por sua contribuição na divulgação da cultura russa no exterior.



Veja também
A Sonata a Kreutzer
A dama de espadas
Prosa e poemas
Os irmãos Karamázov (2 vols.)

 


© Editora 34 Ltda. 2017   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779