Busca rápida
digite título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Ciências sociais
 

 R$ 52,00
         

        frete grátis  (saiba mais)

       




 
Informações:
Site
site@editora34.com.br
Vendas
(11) 3811-6777

vendas@editora34.com.br
Assessoria de imprensa
imprensa@editora34.com.br
Atendimento ao professor
professor@editora34.com.br

A aparição do demônio na fábrica
Origens sociais do Eu dividido no subúrbio operário

 

José de Souza Martins


224 p. - 14 x 21 cm
ISBN 978-85-7326-395-4
2008
Jabuti 2009 (3º lugar) - Ciências Humanas

São Caetano do Sul, 1956. Aparições demoníacas tumultuam uma grande fábrica. Durante vários dias, operárias do setor de encaixotamento de ladrilhos da Cerâmica São Caetano S.A. desmaiam ao longo da jornada. Ao acordar, alegam ter visto o demônio espreitando-as de um canto do imenso galpão. O caso e seus desdobramentos foram acompanhados de perto por um adolescente que à época trabalhava na empresa como office-boy.
        Mais de cinquenta anos depois, a testemunha - o ex-office-boy e agora professor José de Souza Martins - rememora e reconstitui a cena lançando mão das ferramentas adquiridas no seu longo percurso de estudos, que o levaram até a livre docência na cadeira de Sociologia da USP. Com um método de análise que combina investigação sociológica convencional e vivências pessoais filtradas pelo tempo, pesquisa científica e "artesanal", esmiúça o antigo episódio para expor seu significado mais profundo: as estratégias do imaginário coletivo frente às investidas da alienação social.
        Além do ensaio que lhe empresta o título, este volume reúne uma série de textos resultantes dessa abordagem singular: "A gestação do ser dividido: a ferrovia e a modernidade em São Paulo", "Subúrbio e periferia, antinomias do urbano" e "Odores, sons e cores: mediações culturais do cotidiano operário". Em todos, a combinação precisa e sensível de memória subjetiva e análise objetiva, prosa sociológica e memorialista - por vezes acompanhadas de fotografias feitas pelo próprio autor - propicia um mergulho revelador na vida cotidiana dos bairros operários do ABC paulista, em suas pequenas grandes histórias que escapam do enquadramento panorâmico e estatístico. Fecha o volume um ensaio corajoso em que, num balanço dos estudos sociológicos sobre essa região industrial, Martins indaga o próprio fazer da sociologia, seus sujeitos e objeto, e propõe novas maneiras de articulá-los.


Veja também
Lukács e os limites da reificação
Um estudo sobre História e consciência de classe
Conversas com sociólogos brasileiros
Organização de Elide Rugai Bastos, Fernando Abrucio, Maria Rita Loureiro, José Marcio Rego

 


© Editora 34 Ltda. 2020   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779